Paulo Coco prefere não fazer projeção para estreia de Jaqueline

0601201716

Fonte: O Tempo

Os três dias de folga do Camponesa-Minas na virada de ano não refletiram em um retorno lento às atividades nesta semana. Pelo contrário. O clube havia trabalhado durante três dias em ritmo forte após o Natal e, por isso, minimizou a natural queda de ritmo que pode ser sentida pelas equipes neste momento de reinício da temporada 2016/2017.

A equipe da Rua da Bahia retomou os treinamentos na última terça-feira (3), com o grupo completo, já com a presença da ponteira Jaqueline no trabalho de quadra. A forma com que o reforço para o segundo turno e o restante do elenco se reapresentou deixou o técnico Paulo Coco satisfeito.

“Elas treinaram três dias com cinco períodos de treinos (após o Natal) e tivemos uma quebra com o fim de ano. Voltando terça, retomamos e elas voltaram bem, agora com o grupo praticamente completo, com a Jaqueline também se reapresentando. Vamos continuar pensando em evolução”, garante o treinador, que prepara o time para o desafio contra o Genter Vôlei Bauru-SP, às 20h da próxima segunda-feira (9), em Belo Horizonte.

Porém, um passo de cada vez. A comissão técnica minastenista tem priorizado a preparação física da bicampeã olímpica, dosando ainda os fundamentos técnicos para não sobrecarregar a jogadora. “Ela está bem e é naturalmente muito habilidosa. Estamos priorizando a parte física dela e dosando a parte técnica, como a saída do chão, passe e defesa, pra não sobrecarregar muito as pernas. Estamos sentindo a evolução dela a cada semana para colocar para jogar”, afirma Coco, deixando claro que “não existe projeção” para o retorno de Jaque, que não atua desde agosto, mas não descartando que ela seja relacionada já na segunda.

“A evolução no treinamento fará com que a gente decida a utilização dela durante os jogos. Ela se sentindo bem nessas etapas, podemos pensar jogo a jogo. Se ela puder ajudar em algum momento, algum fundamento. qualquer situação que puder participar, não será descartado. Dentro de quadra ela é sempre muito boa e, em poucos treinamentos, estará em bom nível. Importante é o lastro para ela aguentar o tempo inteiro”, opina.

Ingressos. Os bilhetes para Camponesa-Minas x Genter Vôlei Bauru, duelo da 12ª rodada (primeira do returno) da Superliga feminina, já estão sendo vendidos pela internet. Por meio deste link, os torcedores podem adquirir, até esta quinta-feira (5), as entradas ao preço de R$ 15 a inteira, com meia-entrada a R$ 7,50.

O valor sobe para R$ 18 a partir desta sexta (6) e segue até domingo (8). Na segunda (9), dia do jogo, o preço tanto no site como nas bilheterias da Arena da Rua da Bahia (abertas às 18h30, 1h30 antes do jogo) será de R$ 20.

Djokovic avança às semifinais e Soares é eliminado por franceses

0601201715

Fonte: O Tempo

Atual campeão do Torneio de Doha, o sérvio Novak Djokovic não encontrou grandes problemas para se classificar às semifinais. Diante do checo Radek Stepanek, de 38 anos e 107º colocado no ranking da ATP, o número 2 do mundo triunfou por 2 sets a 0, com duplo 6/3, em 1 hora e 31 minutos.

O sérvio abriu vantagem de 4/2 no primeiro set, mas perdeu o seu saque na sequência. Só que depois venceu dois games seguidos, aplicando 6/3. Já na segunda parcial, o número 2 do mundo abriu 3/1 com uma quebra de serviço e tratou de administrar a vantagem.

Com esse resultado, Djokovic acumula 13 vitórias em 14 partidas contra o veterano checo, sendo que este foi o 12º triunfo consecutivo do sérvio diante do oponente, o levando a se garantir nas semifinais do Torneio de Doha.

Agora Djokovic terá pela frente o espanhol Fernando Verdasco, o número 42 do mundo, que nesta quinta-feira superou o croata Ivo Karlovic, o 20º colocado no ranking. O sérvio lidera o confronto direto com o espanhol por 8 a 4.

SOARES ELIMINADO – Quem deixou a disputa do Torneio de Doha nesta quinta-feira foi o brasileiro Bruno Soares. Em uma partida definida em dois tie-breaks, o mineiro e o britânico Jamie Murray caíram nas semifinais da chave de duplas ao perderem para os franceses Fabrice Martin e Jeremy Chardy por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 7/6 (8/6).

Soares e Murray deixaram uma vitória praticamente certa no primeiro set escapar, pois eles abriram 5/1, mas acabaram perdendo o saque duas vezes, depois sendo batidos no tie-break. Na segunda parcial, as duplas não oscilaram e a definição ficou para o tie-break, quando os franceses voltaram a se dar melhor, eliminando a dupla número 1 do mundo.

Messi marca, mas Athletic Bilbao segura 2 a 1 e bate o Barcelona

0601201714

Fonte: O Tempo

O Athletic Bilbao venceu o Barcelona por 2 a 1, nesta quinta-feira, no estádio de San Mamés, pela segunda fase da Copa do Rei. O resultado já surpreende por si só, pois o time basco venceu o catalão apenas uma vez nos 11 confrontos anteriores, mas é ainda mais relevante por conta da situação da equipe da casa ao final do jogo, sem dois jogadores expulsos na partida.

O triunfo dá a vantagem do empate ao time de Bilbao na partida de volta, que acontece na próxima quarta-feira, no Camp Nou. Na ressaca das festas de final de ano, o Barcelona viu cair uma invencibilidade que já durava 11 partidas (dez oficiais e um amistoso) – a última derrota aconteceu no dia 1.º de novembro, para o Manchester City, na Liga dos Campeões.

Em campo, o Barcelona entrou com força máxima, trio de ataque formado por Messi, Suárez e Neymar, mas não conseguiu exercer a superioridade esperada. Aos 25 minutos do primeiro tempo, o Athletic Bilbao abriu o placar após erro de passe de Iniesta. Raúl García cruzou e Aduriz, que havia iniciado a jogada, cabeceou para as redes. Logo em seguida, os donos da casa conseguiram ampliar. Iñaki Williams recebeu passe de Aduriz pelo lado direito e bateu firme para fazer 2 a 0.

Na segunda etapa, o Barcelona resolveu sair para o jogo e conseguiu descontar logo aos sete minutos. Pelo lado esquerdo, Lionel Messi cobrou falta com maestria, o goleiro Gorka Iraizoz Moreno se esticou todo e conseguiu espalmar a bola no travessão, mas ela caiu somente o suficiente para ultrapassar a linha de gol.

O time catalão, então, passou a tomar conta do jogo, mas não conseguiu furar o sólido bloqueio basco. Neymar infernizava os rivais e cavou duas expulsões rivais. Aos 29 e aos 35, Raúl García e Ander Iturraspe, respectivamente, levaram o segundo amarelo por faltas no brasileiro.

Mesmo com a superioridade de 11 contra nove atletas nos últimos dez minutos, o Barcelona não conseguiu buscar o empate. Agora o time catalão terá de reverter a desvantagem em casa na próxima semana.